27 de junho de 2020

Comemoração dos 160º aniversário da Banda - Discurso do presidente


" Srª Vereadora da Câmara Municipal de Vagos,
Srº Presidente de Junta de Freguesia de Vagos e Santo António
Srº Presidente do CER
Srº Presidente de Assembleia Geral
Antigos Diretores,
Caro Maestro,
Prezados músicos e alunos,
Prezados associados e amigos,

A Filarmónica Vaguense comemora hoje 160 anos. Naquele ido 24 de junho de 1860, o Prior Ascenso dá a conhecer às gentes de Vagos uma nova formação musical, a Banda Vaguense, de que tanto nos orgulhamos hoje.
Queremos, portanto, assinalar esta data, em primeiro lugar, prestando homenagem a todos aqueles que ao longo destes 160 anos fizeram a Instituição crescer em dimensão e em qualidade, para agora se afirmar como uma referência no mundo filarmónico, quer a nível local e regional, quer a nível nacional e internacional.
A Filarmónica Vaguense é, e sempre foi, uma Instituição de pessoas para pessoas que quer ajudar a construir uma sociedade melhor, através da cultura e dos valores individuais e coletivos. É assim devida e oportuna uma palavra de reconhecimento a todos os executantes, alunos, maestros, professores, membros dos órgãos sociais da Filarmónica Vaguense e os pais que apoiam e incentivam os jovens, que ao longo das muitas gerações foram criando e cimentando em Vagos uma Instituição cultural de referência.
Fazendo uma menção à atualidade, asseguro que é particularmente sentido e merecido um louvor ao grupo fantástico de músicos, alunos e professores da Filarmónica Vaguense, liderados pelo inexcedível Maestro Leonel Ruivo. Juntos têm granjeado vários prémios nacionais e internacionais, muito contribuído para a afirmação e o reconhecimento desta Instituição.
Este é também o momento de dedicar uma palavra de agradecimento a todos aqueles que nos reconhecem e nos apoiam e aos quais estaremos sempre gratos. Não elencarei todos porque, felizmente, a lista seria infindável, mas destacarei a Câmara Municipal de Vagos, a Junta de Freguesia de Vagos e Santo António, a Caixa de Crédito Agrícola, a Costa Verde, a Grestel, o CER, os Bombeiros, a Paróquia e o INATEL, assim como muitas outras instituições, empresas e particulares que sempre têm manifestado a sua solidariedade institucional.
Não podia deixa de passar o momento sem dizer que a pandemia que nos assolou veio agravar e deixar a nu um conjunto de insuficiências e fragilidades já existentes da cultura em Portugal, em particular no apoio a formações como as Bandas Filarmónicas e suas Escolas de Música. Apelo assim ao Estado que preste especial atenção à cultura, apoiando estas instituições na proporção do seu importantíssimo papel no desenvolvimento das suas comunidades locais.
O Covid-19 impediu que esta data tão simbólica fosse comemorada com a pompa e a circunstância que merecia. Ainda assim, fica esta cerimónia singela e sem público de agradecimento e de sinal de que a Filarmónica Vaguense tem sabido adaptar-se a tempos difíceis, contando com o apoio de todos. Este apoio é agora mais importante do que nunca.
Pessoalmente, quero-vos dizer que é uma honra poder servir esta Instituição e contar com o apoio inestimável de todos os elementos da direção e restantes órgãos sociais, incluindo os antigos diretores. Julgo que esta é uma forma saudável de estar e construir uma comunidade melhor.
Deixo ainda uma palavra sentida a todas as vítimas desta pandemia que assolou o mundo e uma homenagem e incentivo a todos os profissionais que continuam a lutar dia-a-dia para minimizar o impacto devastador da Covid-19 na nossa sociedade.
Termino com a ideia de que 160 anos é uma idade assinalável para uma instituição tão jovem!
Viva a Filarmónica!" - Ricardo Torres Martins


















24 de abril de 2020

O nosso 25 de Abril



A celebração dos Cravos - 25 de Abril 




A Banda Vaguense, numa produção diferente e em tempo de confinamento, associa-se à Câmara Municipal de Vagos e a toda a Comunidade nas comemorações da Liberdade do 25 de Abril.

Esta é uma homenagem àqueles que há 46 anos tiveram a coragem e a hombridade de lutar por tão grande ideal e a todos os que hoje, num contexto muito diferente, mas também privados de toda a extensão dessa grande conquista, lutam incansavelmente por nos libertar de uma pandemia global que ameaça o nosso mundo e todas as nossas Comunidades.
Vivam todos os profissionais e voluntários que, dia a dia, arriscam a sua vida para salvar a nossa! Vivam todos os que contribuem para manter viva a nossa comunidade e para voltarmos a ser Livres!
Viva a Liberdade! Viva Vagos!
Viva Portugal!


Podem ver o video AQUI - Banda Vaguense